Dez opções para fazer o bem sem sair de casa

09/02/2018 15:07

Falta tempo para ir à rua fazer uma ação? Há pouca gente envolvida? OK, acontece. O que não pode é deixar de fazer o bem. Selecionamos 10 formas de ajudar a melhorar o mundo sem sair de casa. Confira!

Desapega!

Sabe aquela camisa que você não usa há tempos? E aquela calça linda que ficou larga depois da dieta? Elas não precisam ficar ocupando espaço no armário se há tanta gente com necessidade. Que tal dar uma olhada no que não está sendo usado, colocar tudo numa sacola e doar ao Exército da Salvação? A ONG repassa as doações a quem precisa e realiza bazares para levantar recursos para projetos sociais. Móveis, livros, brinquedos, eletrodomésticos e colchões também são aceitos. E o melhor: eles buscam a doação em sua casa ou em qualquer lugar que você indique. Basta agendar!

Foto: Parker Burchfield/Unsplash

Compre e Doe!

Se já praticou o desapego e ainda quer ajudar instituições bacanas, dando um trato no visual ou na casa, você pode comprar itens vendidos por ONGs e projetos sociais na internet. O Instituto Ronald McDonald, por exemplo, tem uma loja virtual no Enjoei, onde vende peças doadas. Os recursos são aplicados nos projetos da casa de auxílio a crianças com câncer. O Mercado Livre, por sua vez, tem uma página dedicada ao assunto. Dá uma olhada!

Acumule Pontos para o Bem!

Compras no cartão de crédito podem ajudar uma ONG ou um projeto social, sabia? Todos os programas de fidelidade (aqueles nos quais você acumula pontos para trocar por produtos e viagens) oferecem a possibilidade de transformar pontos em recursos para quem faz o bem. O único trabalho que você terá é escolher a iniciativa. Na Multiplus, por exemplo, com cerca de seis mil pontos, os Médicos Sem Fronteiras aplicam mais de cem vacinas contra o sarampo.

Veja a lista de projetos conveniados com a Multiplus e o Smiles e transfira seus pontos para fazer o bem sem nem sair de casa.

Recicle!

Uma excelente maneira de preservar o meio ambiente é separar o lixo de sua residência. Segundo o IBGE, todo dia são recolhidas 180 mil toneladas de resíduos sólidos no país e boa parte desse material pode ser reaproveitado. Assim, deixam de ir para lixões, rios e mares. E ainda geram uma bela economia – a reciclagem de uma lata de alumínio, por exemplo, poupa energia suficiente para deixar uma televisão ligada por três horas.

Separe vidros, latas de alumínio, papéis e restos de comida em recipientes apropriados para cada um, de preferência em embalagens transparentes, para facilitar a coleta pelas empresas de limpeza urbana.

O Ministério do Meio Ambiente redigiu um pequeno manual sobre como reciclar, e o Cempre (Compromisso Empresarial para Reciclagem) elaborou um mapa com pontos de coleta de lixo reciclável no país.

Compartilhe!

Ainda no tema de reaproveitar o que está sobrando, que tal compartilhar algo que esteja parado em casa? Um pote de açúcar, um aspirador de pó, uma escada? Tudo pode ser emprestado (e devolvido, claro) rapidamente com o uso do aplicativo Tem Açúcar, diminuindo a quantidade de itens comprados e descartados, aumentando a interação entre vizinhos e promovendo a sustentabilidade em seu bairro. Tente!

Busque e Plante!

Quantas buscas você faz por dia no Google? Agora imagine que cada uma dessas respostas se transforme em uma árvore. Esta é a ideia do Ecosia, um buscador que reverte 80% de seus lucros com links patrocinados para o plantio de árvores. Até agora, os cliques geraram mais de 20 milhões de mudas plantadas em diversos pontos do mundo, inclusive no Brasil!

É só usar o Ecosia em vez de um navegador comum, ou instalar a extensão em seu browser! Simples e verde!

Foto: Ecosia

Voluntariado Online

Outra opção para quem quer ajudar a melhorar o mundo sem nem sair de casa é realizar um trabalho voluntário pela internet. O que fazer depende das suas habilidades e disponibilidades. Há tarefas de tradução, design, transcrições e até mesmo conversas com pessoas de outras cidades que precisam de companhia, nem que seja virtual. E você, além de fazer o bem, treina capacidades que podem servir para sua profissão – e para a vida.

Entre em contato com um projeto que você ache bacana e se ofereça para ajudar. Certamente muitos precisam de ajuda. E há também a iniciativa de voluntariado das Nações Unidas, que oferece trabalhos remotos em prol das ações da entidade internacional. Veja aqui!

Foto: John Schnobrich/Unsplash

Adote um Animal

Ajude aquele bichinho fofo que está sem lar trazendo-o para casa. Há diversos sites que auxiliam nessa tarefa, como o Amigo Não Se Compra e o Patinhas On Line. Se não puder adotar, não tem problema, contribua com uma entidade que acolha os bichanos.

Mobilize!

Finalmente, se não estiver satisfeito com algo de sua cidade, estado ou país, tente mobilizar as pessoas para mudar essa situação. Uma possibilidade é organizar uma petição online, encontrar quem concorde com sua queixa e enviar o documento para uma autoridade. Política boa se faz no dia a dia. E até mesmo de casa. Tente os sites change.org, www.peticaopublica.com.br e Avaaz.org para promover essa mobilização!

Seja Feliz!

O mundo será melhor se você estiver melhor. Se está difícil, busque coisas simples que te deixem feliz e poste na internet. O site suíço 100 Happy Days (Cem Dias Felizes) te ajuda nisso. O responsável pela iniciativa chegou a escrever um livro mostrando como é fácil ficar contente e que compartilhar pequenos momentos contagia a todos. Sorria!

Foto: Trevor Cole/Unsplash

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se